Congela, e anda

Montanhas Rochosas, Canadá, 2017

Um dia aprendi uma mágica incrível. Com um simples clique eu congelo o mundo. Carros velozes, pessoas, oceanos, raios. Nada escapa do meu clique mágico. Agora sou o rei!

Ontem aprendi uma mágica poderosa. Além de congelar, descobri que posso dar movimento ao mundo. Carros velozes, pessoas, oceanos, raios. Por instantes, o que era estático agora está se movendo. Por 1 segundo. Nem mais, nem menos. Congela, e anda. Agora sou o imperador das galáxias!

—————————————————-

A trilha que leva ao mirante mais distante do Peyto Lake estava coberta pela neve. Tentei avançar mas não estava com o equipamento adequado. Minha perna afundava até o joelho, atravessando a superfície congelada. Desisti. Em duas semanas o sol da primavera fez o seu milagre. Refiz a trilha. E, para meu espanto, desta vez estava completamente livre da neve. Natureza em movimento.

O urso surgiu em meu caminho enquanto eu estava relaxado. Era a minha primeira trilha no Canadá. Seguia de Jasper até Pyramid Lake. É uma trilha fácil, sem neve, que atravessa uma floresta de pinheiros. Estava a menos de 1 quilometro da cidade. Porém havia deixado o spray anti-urso em meu quarto. Não tinha como passar. Desisti. Há alguns dias o urso estava tranquilo em seu processo de hibernação. Hoje ele está faminto. Natureza em movimento.

—————————————————-

Adoro fotografar a Natureza. O desafio de congelar, com o clique fotográfico, aquilo que me emociona é o meu melhor combustível. Porém, confesso, nesta viagem a fotografia não foi suficiente. Fui sufocado pela natureza em movimento. Um novo desafio me foi imposto. Congelar e, em seguida, andar. Agora estou completo.

—————————————————-

Fiz este vídeo de forma amadora. Usei meu celular. Meu processo era: escolher o local, fotografar e, em seguida, filmar. Clipes curtos, com exatamente 1 segundo de duração. Não há história para contar. Somente uma sequencia maravilhosa de lugares que inspiram.

Congela, e anda.